terça-feira, 18 de maio de 2010

Casamento e as influencias que ele recebe de meios externos. PARTE 1

"Ultimamente, estamos tão preocupados em nos satisfazermos, que sempre preferimos deixar as necessidades do outro em segundo plano."





      A essência do casamento de maneira errônea é visto hoje como agente produtor de prazer e satisfação, entretanto ele vai bem mais além disso, casamento representa ajuda mútua, divisão de responsabilidades e capacidade de adaptação, e casamento feliz é, antes de tudo, desejo de servir ao outro, e de compreende-lo antes mesmo de pensar em nós.
      A cada dia que abrimos a TV, presenciamos uma série de pessoas tentando nos convencer que para sermos felizes, temos primeiramente que nos satisfazer e proteger nossa independência para que ninguém possa tirar vantagens de nós. Mas os que resolveram se arriscar nessa teoria infundada percebeu que isso apenas enfraqueceu as relações conjugais que deveriam está  firmadas numa base forte: a necessidade de servir ao outro como se faziam nos temos de romantismo. 
      Mas porque aquele romantismo dos tempo de namoro desaparecem após o ''sim'' que é dito no altar?
Geralmente achamos mais fácil ficar sentados no sofá assistindo as desgraças do mundo que ouvir a mulher contando sobre seu dia dificil, afinal ela fez apenas sua ''obrigação''. As vezes não percebemos o quanto somos egoistas e preconceituosos.Alguns homens ao acordarem já estão exigindo coisas da mulher, como por que meu café não esta na mesa ainda? Onde está aquelas meias que eu usei ontem? blabláblá e blabbla...e quando chegam do trabalho ficam atonitos em frente a TV achando que só eles é que tem motivos para estarem exaustos, sem esquecer de chamar a mulher de incompetente. Mas na hora de dormir eles querem que a mulher esteja a sua disposição, esquecendo que ela é movida pelo que ouve, e meu amigo depois de um dia ouvindo coisas chatas do próprio marido que ainda quer que ela esteja disponivel na hora que quiser... DR na certa.
      Certo pregador diz que a mulher é como um fogão a lenha. De manhãzinha você deve tentar acender a primeira faísca, ao menos dando bom dia e dizendo que ela linda (mesmo que seja pela misericórdia, profetize irmão ), na hora que tiver no trabalho mande um torpedo dizendo que não vê a hora de vê-la, assim vai aumentando a chama, e fazendo assim queridos, você chegará de um dia conturbado e terá um fogão pegando fogo em casa.
     As mulheres também não escapariam desses comentários...

Confira a Parte 2


PARTE 2 : http://inconformadoz.blogspot.com/2011/10/casamento-e-as-influencias-que-ele.html

Dica de Mensagem : Pastor Cláudio Duarte ( Casamento à prova de bala ) Clique aqui

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário